CRISTIANISMO nos séculos iniciais

CRISTIANISMO nos séculos iniciais

O escritor Antonio Cesar Perri de Carvalho, traz a lume o excelente livro: CRISTIANISMO nos séculos iniciais – aspectos históricos e visão espírita, pela editora O CLARIM. Sugiro aos amigos a leitura desta belíssima e oportuna obra, construída em rigorosa pesquisa, das fontes mais seguras sobre o Cristianismo, elucidando todos os fatos históricos com as orientações de nossa abençoada Doutrina Espírita, e mensagens de Emmanuel advindas das mãos abençoadas de Chico Xavier.

Segue o LINK sobre o livro: https://www.candeia.com/cristianismo-nos-seculos-iniciais/p

"O livro abrange o desenvolvimento da doutrina cristã dos séculos I a IV, até o Concílio de Niceia. Como bibliografia utiliza historiadores do cristianismo e estabelece ligação com os autores espíritas, tendo por objetivo apresentar a visão espírita sobre o Cristianismo Primitivo, resgatando seus propósitos originais".

Por Orlando Noronha Carneiro

Nosso Chico

Resenha

NOSSO CHICO

 

O repórter Saulo Gomes, muito conhecido por efetivar a série “Pinga Fogos” com Chico Xavier, pela antiga TV Tupi de São Paulo, acaba de lançar oportuno livro sobre o médium mineiro.

Em Nosso Chico, Saulo Gomes inicia por relatar quando, como e porque veio a conhecer Chico Xavier. Um fato muito significativo pois foi em função de David Nasser, o grande jornalista. Aquele que produziu anos atrás uma matéria tentando deslustrar o então jovem médium. Desmascarado por Emmanuel, Nasser sempre amargou seu arrependimento.

Saulo Gomes produziu a primeira grande entrevista com Chico, em 1968. E, logo em seguida, uma outra também pela TV Tupi de São Paulo. Ambas estão transcritas no livro. E aí surge o marcante "Pinga fogo".

O livro registra as campanhas pelo Hospital do Pênfigo, com d. Aparecida; entrevista com Arigó; a participação de Chico no programa "Cidade contra Cidade",  com Sílvio Santos; a visita do filho de Humberto de Campos e o pedido de desculpas; opiniões de Chico sobre a medicina e as artes; o relato completo sobre a transferência de fazenda recebida em doação; e ainda algumas ações mais recentes de Saulo Gomes, em contato com a equipe do filme "Chico Xavier" e sua participação no programa da SBT em que Chico foi escolhido "o maior brasileiro de todos os tempos".

E assim, Saulo traz à tona muitas informações interessantes sobre a maneira de ser e o trabalho de Chico Xavier. Este transformou o repórter num autêntico assessor para assuntos de TV.

Saulo destaca uma frase de Chico: "Nasci para fazer o bem e peço a Deus que me conserve assim. Nasci para servir".

O livro tem diagramação muito agradável e conta com 296 páginas.

Informações:

Editora InterVidas: www.intervidas.com; fone 17-3524-9801.

Revista Rivail

Revista Rivail

Surge mais um periódico espírita, a Revista Rivail, públicação do Departamento de Estudos e Pesquisas Espíritas Aplicadas à Sociedade, do Centro Espírita Caridade e Fé, de Parnaíba (Piauí).

Nesta edição inicial, de janeiro de 2019, com 62 páginas, em papel couchê, conta com matérias sobre: Provas científicas da mediunidade segundo Kardec; Justiça Divina e reencarnação: o papel das provas e expiações; Eu tenho a vida; Espiritismo e Direito: duas ciências e o bem comum; Entrevista cobre o MEDNESP, e outros temas. O editor Samuel Cunha de Aguiar também assina artigo, e, outros autores: Antonio Cesar Perri de Carvalho, Leonardo Machado Tavares, Hélio Ribeiro Loureiro, Kátia Maria Marabuco de Sousa, Stelio Ricardo Magalhães Oliveira e outros.

Redação da Revista Rivail:

Centro Espírita Caridade e Fé – fone (86) 3322-4340;

www.caridadefe.org.br

 

Viagem Espírita em 1862

Viagem Espírita em 1862

Por Allan Kardec

Atividades realizadas pelo codificador, Allan Kardec, com o objetivo de divulgar a Doutrina Espírita que apresenta um projeto de regulamento para grupos e sociedades Espíritas. Uma maneira de conhecermos o cuidado de Allan Kardec para com a Doutrina, e de estabelecermos comparações com as atividades que estamos desenvolvendo em nossas instituições. Viagem realizada cinco anos após o lançamento de O livro dos espíritos, e com duração de seis semanas, visitando grupos espíritas e oferecendo orientações primorosas para a administração de centros espíritas, úteis e extremamente atuais. Relançamento da Casa Editora O Clarim.

Acesse:

https://www.oclarim.org (copie e cole)

Materialização de Emmanuel

Materialização de Emmanuel

Relato de Arnaldo Rocha sobre a materialização de Emmanuel, em 1954:

"A materialização de Emmanuel foi magnífica! Emmanuel é um belíssimo tipo de homem. Atlético, alto, provavelmente 1 metro e 90 centímetros de altura. Sua voz clara, forte, baritonada, suave mas enérgica, impressionou-nos muito. O andar e os gestos elegantes, simples, porém aristocráticos. No grande e largo tórax um luzeiro multicolorido. Na mão direita, erguida, trazia uma tocha luminescente e sua presença sempre irradiava paz, harmonia, beleza e felicidade". (Chico Xavier – Mandato de Amor, Ed. UEM, 1992)

Ilustração feita pelo artista Joaquim Alves (Jô), da FEESP, que presenciou o fenômeno.

Contudo, em sua última materialização disse aos presentes:

"— Amigos, a materialização é fenômeno que pode deslumbrar alguns companheiros e até beneficiá-los com a cura física. Todavia, o livro (Os livros, a maior prioridade) é a chuva que fertiliza lavouras imensas, alcançando milhões de almas. Rogo aos amigos a suspensão, a partir desse momento, dessas reuniões"."E a partir daquele dia, Chico —a disciplina em pessoa— nunca mais as realizou, servindo-se de sua faculdade mediúnica de efeitos físicos. O livro, no entanto, como chuva abençoada, continua fertilizando a lavoura do coração humano, trazendo paz, reconforto e esclarecimento a milhões de criaturas" …

 

De: Lemos Neto, Geraldo (Org.). Chico Xavier – mandato de amor. Belo Horizonte: UEM. 1992.

Agenda Chico Xavier 2019

AGENDA CHICO XAVIER 2019

A Agenda Chico Xavier 2019, publicada pel Editora EME, traz página a página do Novo Ano o espaço para os registros diários e frases inspiradoras de obras de Chico Xavier, Allan Kardec e outros autores.

Na abertura da Agenda há um trecho de entrevista com o próprio Chico Xavier, que é muito sugestivo:

“A Doutrina é de paz… Emmanuel tem me ensinado a não perder tempo discutindo. Tudo passa… As pessoas pensam o que querem a meu respeito – pensam e falam. Estou apenas tentando cumprir com o meu dever de médium. […] Devo prosseguir trabalhando. […] Já saio da cama com muito serviço, e é assim o dia todo. Lamento os companheiros que ainda não descobriram a alegria de viver de espírito desarmado. Depois, eles se queixam de depressão, falta de fé… Graças a Deus, nunca briguei com ninguém…”

Agenda Chico Xavier 2019. Capivari: Ed.EME. 2018.

Editora EME: fone (19) 3491-7000.

Fogo Selvagem, Alma Domada

Fogo Selvagem, Alma Domada

Obra organizada por Nádia Marcondes Luz e Cléria Bittar, Volume 4 da Coleção Espiritismo na Universidade, editado pelo Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa Espírita Eduardo Carvalho Monteiro (CCDPE), de São Paulo, em parceria com a Capes.

As organizadoras reuniram num estudo acadêmico através de variadas fontes, como os registros do Hospital do Pênfigo de Uberaba, Câmara Municipal da mesma cidade, jornais, artigos médicos, entrevistas e depoimentos cruza todas as informações, reconstruindo o drama de doentes pobres e figuras santas, como Dona Aparecida Conceição Ferreira, conhecida como dona Cida e mais uma intrincada rede de médicos, políticos, jornalistas e religiosos, emocionando e levando explicações espirituais para as doenças humanas. Há dados interessantes sobre a doença “pênfigo foliáceo”, popularmente chamado de “fogo selvagem”.

O livro é uma publicação referente à Tese de Doutorado:

LIMA, Nadia Rodrigues Alves Marcondes Luz. Fogo selvagem, alma domada: a doença e o Hospital do Pênfigo de Uberaba – história e psicografia. 2010. 330 f. Tese (doutorado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, 2010.

A Tese tem como tema central a história da doença pênfigo foliáceo endêmico e do Hospital do Pênfigo de Uberaba (MG), fundado no ano de 1957 e ainda em atividade. O hospital recebe pacientes portadores desta doença, popularmente conhecida como fogo selvagem, provenientes de diversas regiões do Brasil. Considerada como uma das únicas doenças autoimunes com características endêmicas, classifica-se cientificamente como sendo uma dermatose bolhosa, comumente presente em regiões geográficas de climas tropicais, cuja etiologia, a despeito do empenho em pesquisas científicas, ainda permanece desconhecida. No Brasil, seu tratamento vem sendo realizado desde o final da década de 1960, com medicamentos à base de corticosteróides, potente anti-inflamatório descoberto no final da década de 1950. O Hospital do Pênfigo, em Uberaba, é a única instituição remanescente que se dedica de modo específico, com exclusividade, ao tratamento do pênfigo foliáceo endêmico. Instituição considerada pelo Estado como de utilidade pública, o hospital é administrado e parcialmente mantido por integrantes do segmento cultural espírita e oferece, além da terapêutica tradicional, também outras, integrativas, tais como o passe magnético, a desobsessão e a fluidificação da água. Ao registrar a história deste hospital, esta pesquisa traz também subsídios para a compreensão da evolução da doença e de seu tratamento, no Brasil. Destacamos a história da fundadora Aparecida Conceição Ferreira, da peculiar maneira por ela desenvolvida de tratar a doença e da sua amizade com o médium Francisco Cândido Xavier, desde os começos da construção e edificação do hospital, cujas raízes se fundam nos preceitos morais e na filosofia da história que sustentam a teoria doutrinária espírita do francês Allan Kardec.

Informações:

https://repositorio.unesp.br/handle/11449/103100?show=full

O Caminho do Reino

O Caminho do Reino

Resenha

O livro O caminho do Reino traz 40 capítulos analisando episódios registrados pelos evangelistas sob a poderosa luz oferecida pela Doutrina dos Espíritos.

Conforme anota Marcelo Carvalho Fernandes na apresentação: “[…] reafirmar a sentença de grande luz a nós revelada por Jesus Cristo e anotada nos registros que introduziram este texto sucinto da parte de Lucas, assim redigida: ‘O reino de Deus não vem com aparência exterior.”

Interessante o raciocínio do autor espiritual: “Todas as operações pertinentes às existências físicas são ‘negócios’ que o Espírito faz em favor de seu desenvolvimento interior, no plano de razão e sentimento conjugados, com um único e supremo objetivo: conquistar o Reino dos Céus” . Enseja reflexões sob várias nuances, desde a ótica material até à espiritual, liberta de muitas injunções.

Também a interpretação da Parábola da Rede, registrada por Mateus, e o autor espiritual caminha pelo raciocínio em torno da “rede’ com que buscamos retirar do ‘mar da vida’ todo gênero de peixes”.

O autor espiritual destaca o papel do Consolador prometido por Jesus e considera que este é “a segunda vinda do Mestre e Senhor de nossa evolução planetária. Eis o Consolador, que ‘vos guiará em toda a Verdade”.

E assim surgem muitos comentários lúcidos, oportunos e com nuances inovadoras.

Este novo livro dá sequência a estudos do Evangelho à luz do Espiritismo já incluídos nos livros do mesmo autor espiritual: O Evangelho por dentro e As chaves do reino, ambos editados no ano de 2016.

A nova obra contribui com oportunos subsídios para os estudiosos do Novo Testamento.

O livro O caminho do Reino é de autoria do espírito Honório Abreu, psicografado por Wagner Gomes da Paixão.

Foi editado pelo Grupo Espírita da Bênção, de Mário Campos (MG), e lançado em outubro de 2018.

Contatos: atendimento1@grupodabencao.org.br

Os frutos do cajueiro. Ações espíritas em Parnaíba

Os frutos do cajueiro. Ações espíritas em Parnaíba

Resenha

Autor: Antonio Cesar Perri de Carvalho;

Edição: Centro Espírita Caridade e Fé, Parnaíba, Piauí.

O cajueiro, símbolo vivo da meninice de Humberto de Campos em Parnaíba (Piauí), é utilizado como referência para se destacar, no sentido amplo, os frutos do histórico monumento vivo da cidade.

Como símbolo de um dos frutos do cajueiro, o autor estabelece a relação com o movimento espírita de Parnaíba, que se desdobra em marcantes obras sociais, e, também em função de inúmeras visitas à cidade, o autor reúne textos que reproduzem suas palestras e entrevistas em eventos espíritas em Parnaíba.

Enfatiza-se a repercussão das obras espirituais do famoso escritor, pela psicografia de Francisco Cândido Xavier, e se apresenta um retrato de Humberto de Campos com carinhosa dedicatória de sua genitora, Ana de Campos Veras, que ainda vivia naquela cidade, endereçada a Chico Xavier.

O lançamento em Parnaíba ocorreu no dia 3 de novembro de 2018.

Editora: Centro Espírita Caridade e Fé

Rua Samuel Santos, 284. Bairro São Francisco. CEP: 64215-200 Parnaíba, Piauí. Brasil.

Contatos:

Fone (86) 3322 4340;

www.caridadefe.org.br

comunicacao@caridadefe.org.br;

“União dos Espíritas – Para onde vamos?”

"União dos Espíritas – Para onde vamos?"

"União dos Espíritas – Para onde vamos?", o livro escrito por Antonio Cesar Perri de Carvalho e lançado pela Editora EME (www.editoraeme.com.br) , traz ao leitor sua vasta experiências nas questões relacionadas à doutrina espírita e ao movimento espírita. Por ter passado por diversos cargos, em várias instituições, o autor se qualifica para dar seu parecer em relação aos assuntos relacionados com união e unificação. Entrevistado pelo programa "Repensar" da TV Mundo Maior, atende às perguntas formuladas por Maria Izilda Netto.

CESAR PERRI LANÇA LIVRO SOBRE O MOVIMENTO ESPÍRITA | Repensar | Parte 1 (16/10/2018) Parte 02, Parte 03:

Link: