Revista espírita em inglês

Revista espírita em inglês

A revista Spiritist magazine em sua edição de abril-junho de 2024, destaca na capa o artigo “ilhas espíritas”, de autoria de Chris Walney, e, traz chamadas para artigos sobre dra. Marlene Nobre, por Elsa Rossi; O livro dos espíritos, por Roberto Watanabe; e, o avanço do espiritismo e a autoridade de um comitê científico acadêmico, por Alexandre Fontes da Fonseca.

Entre as matérias: a força do sentimento no centro espírita, por Vanessa Anseloni; sobre o livro Leopoldo Cirne. Vida e propostas por um mundo melhor, por Antonio Cesar Perri de Carvalho; mensagem espiritual recebida na Spiritist Society of Virginia (SSVA) e outras traduzidas de obras de Kardec e de Chico Xavier; artigo de Divaldo Pereira Franco; divulgação de livros espíritas para crianças em inglês, da Kardec Radio e de eventos da SSVA.

A Spiritist Magazine foi autorizada pelo CEI, editada em inglês há 16 anos pela SSVA, tendo como editora-chefe Vanessa Anseloni, que dirige a Kardec Radio e a SSVA.

Informações (copie e cole): info@thespiritistmagazine.com

Intuição, movimento belga e obras de Chico Xavier na Revue spirite

Resenha

Intuição, movimento belga e obras de Chico Xavier na Revue spirite

Circula a edição do 1º trimestre de 2024, de Revue Spirite editada em francês, fundada por Kardec em 1858.

O artigo sobre a intuição, que foi destacado com imagem na capa, é longo e aborda as ideias sobre o tema desde a antiguidade até a época contemporânea; a intuição na ciência, em particular na psicologia e na neurociências; a interpretação parapsicológica; no espiritismo, com citações de Kardec e do livro Emmanuel, psicografado por Chico Xavier; o artigo resume que a intuição é muitas vezes associada a uma sensação ou “sentimento visceral” e às vezes diz-se que vem do “coração” ou do “estômago”, e não da mente. Há várias polêmicas, mas há um lugar para a compreensão das intuições do tipo parapsicológico ou espírita.

Prosseguem os comentários sobre o livro A vida triunfa (Ed.F.E.) com estudos sobre mensagens familiares psicografadas por Chico Xavier, assinadas por vários espíritos, e, sobre mais um capítulo da obra Pão nosso, do espírito Emmanuel. Na parceria com a União Espírita Belga, há matéria sobre o movimento espírita na Bélgica e a Revue spirite belge, no período 1945-1963. Divulga o 24º Simpósio para a Francofonia, programado para o Castelo de Wégimont, perto de Liége (Bélgica), nos dias 11-12 de maio de 2024, com o tema central “Crescimento interior; remédio para as dores da humanidade”.

A Revue dá ênfase na divulgação das edições de obras de Kardec e de Léon Denis. Desde 2010 a tradicional Revista Espírita é editada por Le Mouvement Spirite Francophone-LMSF. O editor Jean-Paul Evrard reitera no Editorial homenagens a Roger Perez e Nestor Masotti por terem transferido para o LMSF em 2010 a propriedade da Revue Spirite, devidamente registrada em órgãos da França.

Informações:

E-mail (copie e cole): info@lmsf.org; http://www.revue-spirite.org

(Resenha ACPC)

77 anos da USE-SP e muitas matérias em Dirigente Espírita

Resenha

77 anos da USE-SP e muitas matérias em Dirigente Espírita


Dirigente Espírita, órgão da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo na edição Março-Junho de 2024 (Ano 34, N. 200), apresenta uma grande variedade de matérias. No dia 05 de junho a USE-SP completou 77 anos.
A editora Júlia Nezu, no Editorial, destaca os 160 anos de O evangelho segundo o espiritismo. O livro está focalizado pela presidente Rosana Gaspar, relacionando-o com a união dos espíritas; os Departamentos de Arte e o de Estudos Sistematizados trouxeram artigos alusivos ao livro. Há um relato das repercussões das obras de Kardec em vários eventos e países, de autoria de Antonio Cesar Perri de Carvalho.
“Chicomedissismo” – o problema continua, é uma reflexão para o movimento espírita trazida por Marco Milani. No “Circuito Aberto” responde-se â pergunta: Os fins justificam os meios num centro espírita?
Alexandre Fontes da Fonseca escreve o artigo “Reflexões sobre ciência espírita – fundamentação em Kardec não é fundamentalismo”.
Há um amplo relato sobre o 11ª Comjesp – Confraternização da Juventude Espírita do Estado de São Paulo, realizada em Franca.
Na seção “Perfil”, foi entrevistado Carlos Gritti, presidente da USE Intermunicipal de Taubaté.
No Painel Internacional é focalizado o espiritismo na Colômbia, relatado por Fabio Villarraga, membro do Consejo Confederativo Nacional de CONFECOL e presidente da Asociación Médico Espírita de Colombia. Informa-se que no dia 9 de junho, acontece a eleição da Diretoria Executiva da USE do Estado de São Paulo, portanto, esta edição é a última desta gestão que finaliza.
Mantém-se a divulgação sobre as Campanhas Viver em família, Evangelho no lar e Comece pelo começo.
Acesse pelo link (copie e cole):

https://usesp.org.br/wp-content/uploads/2024/06/reDE-200-abril-a-junho-2024.pdf

Memórias de vida passada na infância

Resenha:

Memórias de vida passada na infância

Crianças que alegam ter memórias de vida passada, não existem muitos estudos que mostrem como elas evoluem ao longo da vida.

Este assunto foi o que levou o médico de família e comunidade Eric Vinícius Ávila Pires a desenvolver a sua dissertação de mestrado, localizando e entrevistando adultos que, quando crianças, passaram por essas experiências e foram na época investigadas por pesquisadores. A defesa da tese ocorreu em fevereiro, através do Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde, da Universidade Federal de Juiz de Fora, MG, e é sobre ela que Eric Pires fala em entrevista feita por Eliana Haddad ao Correio Fraterno (edição impressa, de março-abril de 2024; e edição digital Correio.news).

Declara Eric Pires: “Após mapear os casos, busquei por essas pessoas por meio do Google e redes sociais. As entrevistas foram guiadas a partir de um questionário com perguntas fechadas e abertas. Ao todo, 18 sujeitos e 18 familiares foram entrevistados, a maioria presencialmente e no sudeste do Brasil. A Society for Psychical Research, de Londres, financiou o projeto.”

Entre os casos, ele comenta as investigações sobre “um garoto que, aos 4 anos de idade, relatou ter um nome diferente do seu e disse que tinha sido curandeiro e ajudado muitas pessoas.”

No final da entrevista recomenda: “O desafio pode ser grande no período em que as crianças alegam memórias de vida passada, mas é importante acolher a sua criança, sem repressão, sem reforçar nela a reprodução dos comportamentos da suposta personalidade anterior, sem superproteger devido ao medo de algo ruim acontecer e ajudá-la a se situar no presente”.

Acesse pelo link (copie e cole):

https://correio.news/entrevista/memorias-de-vida-passada-na-infancia

“Chico Xavier – as marcas inesquecíveis” em jornal

"Chico Xavier – as marcas inesquecíveis" em  jornal

 

Antonio Cesar Perri de Carvalho

No dia 02/04/1910 nascia Chico Xavier, em Pedro Leopoldo (MG).

Leitor de suas obras desde a adolescência, tivemos o privilégio de manter amizade e visitá-lo durante 20 anos, com aprendizagem intensa, pelos livros e pelos exemplos que presenciamos.

Outros privilégios surgiram em momentos e condições durante nossa trajetória no movimento espírita e com pessoas animadas pelo objetivo de divulgar as obras do médium.

Inesquecíveis momentos, como: representamos o Conselho Espírita Internacional em lançamentos dos livros de Chico Xavier traduzidos para o francês (Paris, 2005) e para o russo (Minsk, 2009); homenagens no Centenário de seu nascimento (2010), como diretor da Federação Espírita Brasileira: coordenamos em nível nacional o Projeto Centenário de Chico Xavier com mais de 600 eventos no país; a criação do Espaço Cultural Chico Xavier na Fazenda Modelo, na terra natal de Chico Xavier (Pedro Leopoldo); um Congresso Espírita Brasileiro; a inauguração do Memorial Chico Xavier, anexo ao Centro Espírita Luiz Gonzaga, que ele fundou. Evento histórico aconteceu na Organização das Nações Unidas-ONU, em Nova York, o “Tributo a Chico Xavier” em que comparecemos juntamente com Nestor Masotti (agosto, 2010).

Os reflexos e desdobramentos significativos prosseguem.

Filmes levaram ao grande público a mensagem espírita: “Chico Xavier”, e, sobre seus livros: “Nosso Lar”, “E a vida continua…”, “Nosso Lar 2 – Os mensageiros”.

Em competição promovida pela TV SBT Chico Xavier foi o vencedor, sendo considerado “O Maior Brasileiro de Todos os Tempos”.

O Governo de Minas Gerais criou a “Comenda da Paz Chico Xavier”; agraciado, recebemos a honraria das mãos do governador do Estado em Uberaba (março, 2013).

Em 2015 fundamos o Grupo de Estudos Espíritas Chico Xavier, com reuniões em Brasília e São Paulo. Atualmente mantém ações virtuais com o Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo, de São Paulo. Neste último, promoveu estudos sobre: Paulo e Estêvão, Programas Pinga-Fogo de 1971, Literatura psicográfica de Chico Xavier, e agora, sobre o livro Emmanuel. A Rede Amigo Espírita produziu um marco histórico em agosto de 2020, junto com várias webs TVs e Rádios, para homenagear os 110 anos de nascimento de Chico Xavier, sendo o maior evento on line, com 500 mil visualizações imediatas.

Em livros nossos, focalizamos a vida e obra do vulto: Chico Xavier – o homem, a obra e as repercussões (USE-SP/EME, 2019); Emmanuel. Trajetória espiritual e atuação com Chico Xavier (O Clarim, 2020) e em Pelos caminhos da vida. Memórias e reflexões (Cocriação, 2021).

A Estação Dama da Caridade Benedita Fernandes, webTV de Araçatuba, tem focalizado as obras de Chico Xavier.

As marcas inesquecíveis de Chico Xavier ecoam em seus exemplos e livros psicografados, como um arauto do bem e da paz!

Transcrito de:

Folha da Região. Araçatuba, 03/04/2024. P.2.

Nos albores da imortalidade. A vida de Jerônimo Mendonça no plano espiritual

Resenha

Nos albores da imortalidade. A vida de Jerônimo Mendonça no plano espiritual

Antonio Cesar Perri de Carvalho

O livro Nos albores da imortalidade. A vida de Jerônimo Mendonça no plano espiritual é uma das obras psicografadas por Nicola José Frattari Neto, assinadas pelo espírito Jerônimo Mendonça.

Nicola atua em Ituiutaba (MG), como professor e é vinculado ao Centro Espírita Seareiros de Jesus; foi um dos orientados por Jerônimo Mendonça (1939-1989), autêntico missionário espírita daquela cidade do Triângulo Mineiro.

Nas constantes visitas que fazíamos a Chico Xavier, em Uberaba, nos anos 1970 e 1980 em algumas oportunidades assistimos a chegada de Jerônimo, cego, tetraplégico e deitado numa cama, trazido por amigos. Era acomodado num espaço do Grupo Espírita da Prece e em algumas vezes acompanhamos sua fala com ajuda de um pequeno microfone. Na época soubemos sobre a sua atuação benemérita em Ituiutaba, seus deslocamentos para palestras em diversas cidades e até informações sobre as razões dele se encontrar naquela condição corpórea, incluindo as causas nessa existência que vivia e aquelas advindas de reencarnações anteriores. Jerônimo era cognominado “o gigante deitado”.

Na Apresentação Inicial, o médium registra como conheceu Jerônimo em Ituiutaba e apresenta várias fotos sobre o vulto.

O livro tem prefácio de Heloísa Pires (São Paulo) e posfácio de Vilmar Antonio de Castro (Mogi Mirim, SP).

O autor espiritual descreve os momentos finais de sua existência corpórea, os momentos da desencarnação e sua reentrada no mundo espiritual. Após seu refazimento espiritual passa a conhecer as ações em colônias espirituais ligadas à região onde residiu. Na coordenação de colônias aparecem os espíritos Cairbar Schutel e Eurípedes Barsanulfo, registros de palestras e apoios de várias entidades espirituais bem conhecidas da seara espírita.

Interessante que surgem relatos de visitas que fez em espírito às reuniões de Chico Xavier, ainda encarnado.

Nas atividades que o autor espiritual veio a conhecer e atuar em colônias espirituais surgem relatos sobre o atendimento de famílias encarnadas e suas relações com espíritos desencarnados, repercussões de vidas pretéritas e todo um processo de esclarecimento e de aprendizagem, chegando à etapa de planejamento de novas reencarnações.

O texto apresenta colocações formuladas de maneira inédita e bem interessantes.

Essa obra mediúnica contribui para a compreensão das dificuldades e limitações que são vividas pelo espírito recém desencarnado e, na sequência, sobre a integração em ações de apoio espiritual a grupos encarnados e desencarnados.

Fonte:

Frattari Neto, Nicola José. Pelo espírito Jerônimo Mendonça. Nos albores da imortalidade. A vida de Jerônimo Mendonça no plano espiritual. Brasília: SODEAS. 2023. 192p.

Dirigente Espírita focaliza Campanha Viver em Família

Dirigente Espírita focaliza Campanha Viver em Família

 

A revista digital Dirigente Espírita, órgão da USE-SP, em sua edição de janeiro-fevereiro de 2024, destaca os 30 anos do lançamento da “Campanha Viver em Família”, que aconteceu em São Paulo. No Editorial, Júlia Nezu anota: “a presidente Rosana Amado Gaspar reativando a Campanha Viver em Família que comemora em janeiro, os seus 30 anos de lançamento nacional. Temos o artigo de Cesar Perri resgatando a história da Campanha, desde o seu surgimento na USE, que sempre privilegiou a educação da família.” Há mais quatro matérias sobre a família; temas sobre ciência espírita, fé raciocinada e seções informativas sobre o movimento espírita.

Acesse pelo link (copie e cole):

https://usesp.org.br/wp-content/uploads/2024/02/reDE-199-jan-fev2024.pdf

Assuntos atuais, do corpo à inteligência artificial, e evento sobre “crescimento interior” na Revista Espírita

Assuntos atuais, do corpo à inteligência artificial, e evento sobre “crescimento interior” na Revista Espírita

 

Circula a edição do 4º trimestre de 2023, de Revue Spirite editada em francês, fundada por Kardec em 1858. Desde 2010 a tradicional Revista Espírita é editada por Le Mouvement Spirite Francophone-LMSF.

O editor Jean-Paul Evrard reitera no Editorial homenagens a Roger Perez e Nestor Masotti por terem transferido para o LMSF em 2010 a propriedade da Revue Spirite, devidamente registrada em órgãos da França. Esclarece que essa organização procura desenvolver projetos de trabalhos voluntários e desinteressados em benefício da difusão do espiritismo nos vários países que adotam o idioma francês. Edita várias obras, principalmente de Allan Kardec e de Léon Denis.

Entre as matérias, um estudo que motivou a capa “O lugar do corpo”, com análise da visão espírita sobre o papel do corpo e as práticas, como ioga, e, aliás, lembram que essa palavra originária do sânscrito significa “união”, no sentido de procurar unificar o corpo e a mente. Cita livro de Marlene Nobre sobre o conceito de que a saúde psíquica e a espiritual são intrinsicamente ligadas. Surge uma nova seção na Revue: “Vozes artificiais”, sobre a chamada inteligência artificial, na tentativa de se oferecer um novo meio de explorar o espiritismo e a história de suas grandes figuras. Na matéria “Vozes artificiais: Desespero”, o Comitê de redação já analisa erros ou enganos em conceitos espíritas. Em função de parceria com a União Espírita Belga publicam em série registros históricos sobre o espiritismo na Bélgica. Prosseguem as análises sobre a obra de Chico Xavier, A vida triunfa, com estudos sobre mensagens familiares assinadas por vários espíritos, e, mais um capítulo da obra Pão nosso, do espírito Emmanuel. Divulga o 24º Simpósio para a Francofonia, programado para o Castelo de Wégimont, perto de Liége (Bélgica), nos dias 11-12 de maio de 2024, com o tema central “Crescimento interior; remédio para as dores da humanidade”.

Informações:

E-mail (copie e cole): info@lmsf.org;

Site (copie e cole) http://www.revue-spirite.org

(Resenha ACPC)

Cidadão Rivail – Raízes e Vida de Allan Kardec

Cidadão Rivail – Raízes e Vida de Allan Kardec

A Casa Editora O Clarim lançou a obra Cidadão Rivail — raízes e vida de Allan Kardec, autoria de Pedro de Campos.

Inclusive no dia 23 de janeiro houve lançamento presencial com o autor no Centro Espírita O Clarim, em Matão (SP).

Primorosa edição com capa dura, com 879 páginas, a nova obra reúne uma meticulosa pesquisa, fruto de muitos anos de verificações e estudos efetivados pelo autor.

Pedro de Campos, reside em São Paulo, e é autor de várias obras.

O novo livro apresenta importantes descobertas historiográficas sobre Rivail/Kardec, resultantes de suas pesquisas em documentos originais nas bibliotecas e cartórios da França, recentemente colocados a público. A obra disponibiliza mais de duas centenas de documentos, novas iconografias, fundamentados em mais de mil fontes consultadas.

Conta com prefácio de José Luiz Alberto Marchesan, presidente do Centro e Editora de Matão.

Em Cidadão Rivail o biografado é focalizado desde seu nascimento, estudos, ação como professor e depois como Allan Kardec, o codificador do espiritismo.

O autor analisa o contexto da França, desde a Revolução Francesa, o Regime de Terror e a trajetória política do país até o período de atuação de Kardec.

A origem familiar de Rivail é detalhada, esclarecendo-se muitos episódios da vivência do biografado, que se desenvolvem os capítulos “Raízes” e “Nascimento e formação”. No final do livro, como suplemento, ainda surgem mais informações em “Dados biográficos de família”.

Segue-se o capítulo sobre o professor idealista e inovador em “Vida profissional”. Interessante o capítulo “Marcos temporais em Paris”, onde o autor comenta sobre os endereços e suas características, relacionados com as atuações de Rivail/Kardec.

Na sequência é analisada a trajetória como o Codificador, nos capítulos “O reformador” e “Linha de tempo na Codificação”.

Trata-se da obra mais completa sobre a vida e obra de Allan Kardec e, sem dúvida, com uma elaboração e redação equilibrada e racional. Livro que deve merecer lugar de destaque para as consultas e estudos sobre Allan Kardec.

O prefaciador Marchesan considerou um autêntico “vade-mecum muito útil para os espíritas e filósofos da religião”.

Fonte:

Campos, Pedro de. Cidadão Rivail: raízes e vida de Allan Kardec. Matão: Casa Editora O Clarim. 2023.

(Resenha por ACPC).

Informações (copie e cole): https://www.oclarim.com.br/

Ananias. Um apóstolo do Cristo

Resenha

Ananias. Um apóstolo do Cristo

Antonio Cesar Perri de Carvalho

O Centro Espírita Luz Eterna, de Curitiba, editou o livro Ananias. Um apóstolo do Cristo, no final de 2023. A nova obra reúne mensagens psicografadas por médiuns atuantes nesse Centro. Traz na capa a reprodução de tela histórica “Ananias restaurando a visão de Paulo”, do pintor Jean Restout (1719).

Na Apresentação, o autor espiritual esclarece: “Embora meu pseudônimo ao assinar as mensagens impressas seja o mesmo de personagem tão importante do início do Cristianismo, “Ananias”, de forma alguma posso ser confundido com aqueles Espírito Superior, que recebeu ordens diretas de Jesus para restituir a visão a Saulo de Tarso e dialogarem quanto à sublimidade da tarefa que o Mestre havia reservado a ambos”. Comenta que “os médiuns que serviram de instrumento para minhas inspirações e psicografias, seguindo a mesma linha que Allan Kardec utilizou nos livros espíritas por ele editados, preferiram não serem nomeados. A obra terá o valor pelo seu próprio conteúdo”.

Na extensa e profícua Introdução, o autor espiritual discorre sobre a vida de Ananias, iniciando com as informações da situação política e religiosa na época do nascimento de Jesus, sobre o Judaísmo, e, principalmente, as atuações de Saulo de Tarso e de Ananias. Esse capítulo, praticamente a metade da obra, é muito rico, trazendo detalhes dos diálogos de Ananias com Saulo, desde o atendimento inicial em Damasco até orientações para seu trabalho. Interessante que o Espírito pede desculpas a Ananias “por ter quebrado o seu anonimato, contando sua bela história que até Paulo de Tarso respeitou, […] não citando seu nome em suas missivas…”

O autor espiritual homenageia Allan Kardec e “os Espíritos pioneiros por todo o esforço dispendido para difundir os ensinamentos que o Cristo, personificado em Jesus de Nazaré, nos trouxe num ambiente espiritual tão conturbado”. Em vários momentos, sugeriu ao médium algumas consultas para inclusão em notas explicativas de rodapé, como obras de Kardec e Paulo e Estêvão, de Emmanuel. Ao final do capítulo, o médium indicou alguns livros: Bíblia, tradução de João Ferreira de Almeida; Paulo e Estêvão, Emmanuel-Francisco Cândido Xavier (FEB); Fé e razão. A teologia de Paulo e o Espiritismo, de Eduardo Guimarães (Ed.Nova Consciência); Paulo de Tarso. A vertente espiritual da montanha, de Antonio Cesar Perri de Carvalho (O Clarim).

A nosso ver, a Introdução já assinala o valor do novo livro.

Numa segunda parte, foram incluídas 48 mensagens desse Espírito, com temas de orientação, apoio e estímulo, com base na visão espírita dos ensinos morais de Jesus. Em linguagem simples e objetiva traz excelentes subsídios para reflexões profundas. Entre outras colocações destacamos alguns trechos esparsos:

“Qual o caminho para se chegar ao Pai? Não há caminho! Ele já está aí, dentro de ti. Só é necessário que deixes que Sua presença se faça em teus atos, palavras e situações. Ele está sempre presente. O que necessitamos é mudar nosso olhar e deixar de imaginarmos que estamos afastados do ‘Seu Céu’. Ele está em nós com toda a energia divina que designamos como felicidade, céu, bem-aventurança, alegria infinita e amor na sua maior expressão”.

“No mar da vida somos todos marinheiros-aprendizes. Aprender a escolher é a tarefa de todo o dia. Iluminemos o nosso coração com bons sentimentos pelos ‘nossos” e pelos outros”.

Da mesma forma que o autor espiritual desculpou-se para romper o anonimato de Ananias, pedimos escusas ao nosso amigo de várias décadas, Célio Trujilo Costa, espírita atuante e psiquiatra, um dos criadores do método COEM, sobre educação mediúnica, no mesmo Centro que editou o novo livro. Em missiva para nós, encaminhou a nova obra, em que ele, na nossa opinião, reconhecemos que teve expressiva contribuição como médium.

Em síntese, a obra destaca a ação do humilde sapateiro Ananias, que atendeu Saulo de Tarso, e as mensagens assinadas por espírito que adota pseudônimo em homenagem a esse vulto pioneiro dos seguidores de Jesus.

Trata-se de obra muito significativa para os estudiosos do Novo Testamento à luz do Espiritismo. Notadamente sobre o então pouco conhecido Ananias, inserido na saga de Paulo de Tarso.

Fonte:

Ananias. Um apóstolo do Cristo. Curitiba: Edições Luz Eterna. 2023. 179p.

Informações:

E-mail (copie e cole): grafica@cele.org.br