Revue Spirite comenta obras de Chico Xavier

Revue Spirite comenta obras de Chico Xavier

 

A Revue spirite, revista fundada por Kardec e com circulação trimestral mantida atualmente por Le Mouvement Spirite Francophone, e órgão do Conselho Espírita Internacional, tem mantido edições coloridas e com excelente qualidade gráfica. 

A Revue tem trazido matérias que comentam obras de Chico Xavier. No exemplar do 3º trimestre de 2019, foi matéria de capa o artigo sobre a “Casa Transitória Fabiano de Cristo”, de São Paulo. Notável obra assistencial fundada em 1960 por José Gonçalves Pereira, com orientação e estímulo de Chico Xavier. No mesmo número, essa Revista francesa traz artigo sobre “O triunfo da vida”, com base nos estudos de cartas familiares, feitos pela Associação Médico-Espírita e publicadas no livro A vida triunfa.

Na edição do 4º Trimestre de 2019, tem prosseguimento o artigo focalizando cartas identificatórias de espíritos familiares, publicadas no livro acima citado.

Na publicação dessa Revista do 1º Trimestre de 2020, é focalizado mais um caso de mensagem familiar do livro A vida triunfa.

A Revue spirite conta com articulistas francofônicos e com matérias traduzidas para o francês, sobre temas atuais, como Política e Espiritismo, aborto, transtornos de personalidade, e sobre vários temas de obras do Codificador. Há continuada divulgação das obras básicas de Allan Kardec.

Contatos:

E-mail: info@lmsf.org

Página eletrônica: http://www.revue-spirite.org

“Páginas de Gratidão”, de Chico Xavier

Páginas de Gratidão, de Chico Xavier

O livro Páginas de Gratidão, inédito e lançado pelo Grupo Espírita Emmanuel – GEEM, de São Bernardo do Campo, traz os discursos de Chico Xavier ao receber nos anos 1970 títulos de cidadania em seis cidades: São Bernardo do Campo, o então Estado da Guanabara (Rio de Janeiro), São Paulo, Campinas, Araguari e Belo Horizonte. O organizador Caio Ramacciotti, destaca que inspirado por Emmanuel, em cada solenidade legislativa Chico fazia revelações surpreendentes. Por exemplo, várias informações sobre o padre Manuel da Nóbrega e João Ramalho, no evento público de São Paulo; em Campinas destacou Carlos Gomes. Sobre esta última foi incluído no livro comentários do reconhecido historiador de Campinas-SP, Jolumá Britto, que na época enviou uma apreciação confirmatória de episódios citados por Chico, ao dr, Mário Tamassía, que era uma referência espírita de Campinas. O novo livro traz subsídios para os estudiosos da vida de Chico Xavier e contribuiu para a compreensão espiritual de episódios históricos das cidades citadas.

Informações (copie e cole):

http://www.geem.com.br/paginas-de-gratidao

Lançamento “on line” de livro sobre Assistência e Espiritismo

INÉDITO:

Lançamento "on line" de livro sobre Assistência e Espiritismo

Ocorreu na tarde do dia 6 de junho em Live no Facebook de Grupo de Estudos Hermínio C. de Miranda, Fortaleza (Ce). Atuaram os organizadores do livro Pedro Simões e André Ricardo de Souza; Antonio Cesar Perri de Carvalho como convidado; direção de Carolinne Teixeira.

O livro “Dimensões identitárias e assistenciais do espiritismo” tem abordagens inéditas, organizado por Pedro Simões e André Ricardo de Souza, que assinam também capítulos e contam como co-autores Célia da Graça Arribas e Hélder Boska de Moraes Sarmento. Os capítulos focalizam temas significativos com base em fundamentos acadêmicos, dados estatísticos e em análise espírita. Na parte 1 – Questões identitárias, os capítulos: O espiritismo na pluralidade cristã brasileira; Identidade espírita no Brasil e em Portugal; Feições expressivas do movimento espírita brasileiro; Uma visão sociológica de Allan Kardec. Na Parte 2 – Universo assistencial, são desenvolvidos os capítulos: Contornos e controvérsias das atividades assistenciais cristãs; Censo espírita 2017: um estudo sobre assistência social em Santa Catarina – primeiras impressões; A concepção dos espíritas sobre assistência social; Desafios do trabalho assistencial espírita: dois modelos de atuação; A economia solidária no principal livro oriundo de Chico Xavier.

Para acessar a livre, copie e cole o link:

https://youtu.be/DSiRqz2QlaE

Discursos Pronunciados no Aniversário de Morte Allan Kardec

Discursos Pronunciados no Aniversário de Morte Allan Kardec

Essa obra francesa editada em 1870 contém os discursos pronunciados no primeiro aniversário da desencarnação de Allan Kardec; translado do corpo de Allan Kardec e inauguração do Dolmen no Cemitério Père-Lachaise, em Paris, aos 31/03/1870. Foi traduzida por Carla Cristina Duarte Costa e conta com prefácio de Antonio Cesar Perri de Carvalho.

Acesso ao texto (copie e cole):

https://www.autoresespiritasclassicos.com/Allan%20Kardec/Inaugura%C3%A7%C3%A3o%20do%20Monumento%20de%20Allan%20Kardec/Discursos%20Pronunciados%20no%20Anivers%C3%A1rio%20de%20Morte%20Allan%20Kardec%20-%20Inaugura%C3%A7%C3%A3o%20do%20Monumento.htm

Dimensões Identitárias e Assistenciais do Espiritismo

Resenha

Dimensões Identitárias e Assistenciais do Espiritismo

Antonio Cesar Perri de Carvalho (*)

Livro com abordagens inéditas veio a lume no início de 2020: Dimensões identitárias e assistenciais do espiritismo, organizado por Pedro Simões e André Ricardo de Souza, que assinam também capítulos e contam como co-autores Célia da Graça Arribas e Hélder Boska de Moraes Sarmento. Os quatro atuam como docentes universitários nas áreas da Sociologia e do Serviço Social.

Os capítulos focalizam temas significativos com base em fundamentos acadêmicos, dados estatísticos e em análise espírita . Na parte 1 – Questões identitárias, os capítulos: O espiritismo na pluralidade cristã brasileira; Identidade espírita no Brasil e em Portugal; Feições expressivas do movimento espírita brasileiro; Uma visão sociológica de Allan Kardec. Na Parte 2 – Universo assistencial, são desenvolvidos os capítulos: Contornos e controvérsias das atividades assistenciais cristãs; Censo espírita 2017: um estudo sobre assistência social em Santa Catarina – primeiras impressões; A concepção dos espíritas sobre assistência social; Desafios do trabalho assistencial espírita: dois modelos de atuação; A economia solidária no principal livro oriundo de Chico Xavier.

As duas partes marcam características fortes do Espiritismo como religião. A primeira diz respeito à tripla identidade espírita, tal como apontada pelo seu próprio fundador, Allan Kardec: o espiritismo é definido, ao mesmo tempo, como ciência, filosofia e religião. O outro aspecto central entre os espíritas está no lema “Fora da caridade não há salvação”.

O novo livro trata de maneira clara a origem e a evolução da versão religiosa do Espiritismo em nosso país. Os autores detalham os movimentos e esforços de lideranças e de instituições para o incentivo aos estudos bíblicos e mais especificamente do Novo Testamento e de O evangelho segundo o espiritismo, desde os momentos complexos da fundação da FEB, ações da FEESP, da USE-SP, de médiuns como Chico Xavier e Divaldo Pereira Franco, até fatos recentes relacionados com o Núcleo de Estudos e Pesquisa do Evangelho da FEB (2012-2015) e suas repercussões.

Enfim, numa avaliação ampla esclarecem que a chamada diversidade religiosa tão empregada em nosso país se restringe ao conceito de pluralismo cristão, que conta com grande variedade e liberdade de culto.

Com base em pesquisa apontam as dez palavras mais recorrentes para a identidade do espiritismo no Brasil. Enriquecem com um estudo comparativo com o Espiritismo em Portugal.

Na questão assistencial, são analisadas a relações de hierarquia e poder com o assistido, e, de “doutrinação” e “assistência”. Também fizeram pesquisa sobre o perfil dos “trabalhadores espíritas”.

No livro são tratados também especificamente alguns casos de grandes instituições assistenciais espíritas, e suas repercussões junto ao movimento espírita, como a Casa Transitória e Casas André Luiz, ambas de São Paulo; o Lar Fabiano de Cristo (Rio de Janeiro) e a Mansão do Caminho (Salvador). Mas conclui-se que a maioria das instituições e centros praticam uma assistência social de porte pequeno.

Os autores, com base em dados, ressaltam “a peculiaridade que a salvação ocupa no pensamento e na prática espírita. A grande maioria dos militantes dessa religião tem, efetivamente, a assistencial social como algo focado na salvação do próprio agente espírita”.

Esse livro é marcante com base em fundamentos de estudos qualitativos e quantitativos elaborados por espíritas que contam com a experiência de serem pesquisadores acadêmicos da grande área das ciências sociais.

Fonte:

Simões, Pedro; Souza, André Ricardo (Org.). Dimensões identitárias e assistenciais do espiritismo. 1.ed. Curitiba: Appris. 2020. 197p.

Obs.: o livro está disponível para comercialização em várias páginas eletrônicas de livrarias virtuais.

(*) Ex-presidente da USE-SP e da FEB.

O Evangelho segundo o Espiritismo em búlgaro

O Evangelho segundo o Espiritismo em búlgaro

Foi lançado recentemente O Evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec, em búlgaro. A tradução para o idioma búlgaro foi feita por Pavlina Nikolova. Essa versão pode ser encontrada em algumas livrarias daquele país ou entrando em contato direto com o link abaixo. Pavlina está trabalhando na tradução para o búlgaro de “O livro dos espíritos” e “O livro dos médiuns”, também obras de Kardec.

Acesse (copie e cole):

https://xn--c1ajbfp.xn--e1a4c/заглавия/евангелието-според-спиритизма/

Projeto Mochila Viajante

Projeto Mochila Viajante

A Revista Internacional de Espiritismo entrevistou Vinicius Lara sobre o tema "As crianças e o Evangelho no lar", e este relata sobre o inédito "Projeto Mochila Viajante".

Na entrevista, Vinícius Lara relata:

"O projeto da Mochila Viajante foi implementado por nossa equipe de evangelização, na casa espírita em que trabalhamos na cidade de Juiz de Fora. O objetivo da atividade é incentivar a prática do culto do Evangelho no Lar, tendo como ponto de partida a criança.

Para alcançar este destino, confeccionamos duas mochilas de tecido que são sorteadas semanalmente nas atividades da escola de evangelização. A criança premiada leva o item para casa e deverá trazê-lo na próxima semana, a fim de que seja novamente sorteado e perpasse a rotina de todos os alunos. Dentro da mochilinha seguem alguns itens: um exemplar de O Evangelho segundo o Espiritismo – como presente à família -, um exemplar do livro Pai Nosso, ditado pelo Espírito Meimei através da psicografia de Francisco Cândido Xavier – dedicado ao estudo da criança -, um caderno para que o pequeno anote ou desenhe o que aprendeu no culto no lar e, finalmente, um bonequinho de Jesus, confeccionado artesanalmente e que acabou tornando-se o mascote do trabalho. Como a mochila é reutilizável, os custos de criação  manutenção do projeto são relativamente baixos e impactam de maneira muito posiiva na rotina das crianças.

Temos falado sobre o projeto em diversos lugares por onde realizamos palestras e os resultados são igualmente bons naqueles que o implantaram com o objetivo de estimular na criança, o amor e o compromisso com o culto do Evangelho no Lar."

Extraído de:

Lara, Vinicius. As crianças e o Evangelho no lar – Entrevista. Revista Internacional de Espiritismo. Ano XCV, No. 2. Março de 2020. p. 57-59.

Violência doméstica é tema de revista de Direito 

Violência doméstica é tema de revista de Direito 

A revista semestral "Direito e Espiritualidade", editada pela Associação Jurídico Espírita do Brasil, em seu número de julho/dezembro de 2019 focaliza em artigo e na capa o tema "Violência doméstica. Realidade social,prevenção e a contribuição espírita". O artigo é de autoria de Donizete Pinheiro, Juiz de Direito aposentado e autor de obras espíritas.

A revista também destaca temas como: Ética e moral em debate, e, Paulo de Tarso, exemplo para os operadores do Direito.

Entre os colaboradores: André Marouço, Danilo Villela, Marcus Vinícius Severo da silva, Maria Auxiliadora Santos Essado, Tiago Cintra Essado, Kildare de Medeiros Gomes Holanda, Amauri Ferrari Paroni, Ercília Zilli, Chistiano Torchi, Antonio Cesar Perri de Carvalho e Júlia Nezu.

Informações:

www.ajebrasil.org.br

secretaria@ajebrasil.org.br

facebook.com/juridicoespiritabrasil

Violência Doméstica-Rev.Esp.eDireito